VITAMINA D-25 HIDROXI

Código: HNSTSSA7G
2x de R$ 38,50
R$ 77,00
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 77,00 sem juros
    • 2x de R$ 38,50 sem juros
  • R$ 77,00 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

A 25-hidroxi-vitamina D é usada para detectar deficiência de vitamina D e para acompanhar o tratamento. A deficiência da vitamina ocorre por pouca exposição da pele ao sol, ingestão insuficiente das formas vitamina D2 e D3 na alimentação ou doenças que prejudicam a absorção de lipídios no intestino. Alguns tipos de anticonvulsivantes, em especial a fenitoína, também prejudicam a absorção da vitamina D.

A 25-hidroxi-vitamina D é pedida para pacientes com sinais e sintomas de descalcificação óssea, como dor disseminada, fraqueza muscular e deformidades ósseas, sugestivos de osteomalácia, em adultos, ou raquitismo, em crianças. Em geral, são pedidos também dosagens de cálciofósforo e paratormônio (PTH), para distinguir diferentes distúrbios do metabolismo do cálcio.

A 1,25-di-hidroxi-vitamina D é pedida com menor frequência porque não reflete as reservas de vitamina D no organismo. Pode estar alterada em doenças renais, na sarcoidose e em alguns tipos de câncer.

25-hydroxyvitamina D
Níveis baixos de 25-hidroxi-vitamina D indicam carência da vitamina e devem ser corrigidos com reposição por via oral. Não estão estabelecidos os níveis ideais e os resultados obtidos por diferentes métodos de medida podem não coincidir. De um modo geral, são considerados adequados níveis acima de 30 ng/mL.

Níveis elevados geralmente indicam excesso de ingestão de vitaminas ou de outros suplementos alimentares.

1,25-di-hidroxi-vitamina D

Níveis baixos de 1,25-di-hidroxi-vitamina D são observados em doenças renais e podem ser indicadores precoces de insuficiência renal.

Níveis altos podem ocorrer quando há excesso de paratormônio e em algumas doenças em que há produção extra-hepática de 1,25-di-hidroxi-vitamina D, como a sarcoidose e alguns linfomas.

Níveis altos de vitamina D podem causar acúmulo de cálcio nos tecidos, especialmente nos rins e vasos sanguíneos.

Níveis baixos de magnésio provocam diminuição dos níveis de cálcio resistente à regulação pela vitamina D e pelo paratormônio. Para recuperar a função normal, é necessária a reposição simultânea de magnésio e de cálcio.

 A adição de vitamina D em alimentos é uma boa prática?Em alguns países, em especial onde há períodos de pouca exposição à luz solar, a adição de vitamina D a alguns tipos de leite e cereais reduziu a incidência de raquitismo em crianças.

 

Produtos relacionados

2x de R$ 38,50
R$ 77,00
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Há 30 anos, o Cepac Medicina Laboratorial atua em parceria com a população, oferecendo exames ágeis, seguros e de qualidade.

Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Cepac Medicina Laboraotiral - CNPJ: 22.231.047/0001-07 © Todos os direitos reservados. 2020


Para continuar, informe seu e-mail