FOSFATASE ALCALINA

Código: ZPQC8KR77
2x de R$ 6,60
R$ 13,20
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 13,20 sem juros
    • 2x de R$ 6,60 sem juros
  • R$ 13,20 Boleto Bancário
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

A fosfatase alcalina é usada no diagnóstico e no acompanhamento de distúrbios hepáticos e ósseos. Nos distúrbios hepáticos, ela reflete sofrimento das células dos ductos biliares. Nos distúrbios ósseos, indica aumento da atividade de formação óssea.

Outros exames permitem identificar a origem do aumento de fosfatase alcalina. Alterações de outras enzimas hepáticas, como aspartato aminotransferase (AST)alanina aminotransferase (ALT)gama-glutamil transpeptidase (gama-GT), ou de bilirrubinas sugerem doença hepática, e alterações das medidas de cálciofósforo e vitamina D indicam distúrbios ósseos.

Persistindo dúvidas, podem ser medidas as isoenzimas da fosfatase alcalina ou a fosfatase alcalina óssea.

A fosfatase alcalina pode ser pedida como parte de uma rotina de triagem, em geral com outros exames (chamados, em conjunto, de hepatograma) ou quando há sinais e sintomas de doença hepática ou óssea.

Sinais e sintomas de doenças hepáticas:

  • Aumento do abdome
  • Dor no quadrante superior direito do abdome
  • Icterícia
  • Urina escura
  • Fezes claras
  • Prurido

Exemplos de sinais e sintomas de distúrbios ósseos:

  • Dor óssea difusa
  • Deformações ósseas
  • Fraturas com traumatismos pequenos.

Fosfatase alcalina em doenças hepáticas

Níveis altos de fosfatase alcalina são observados em quase todos os distúrbios hepáticos. Elevações proporcionalmente mais altas de outras enzimas, principalmente aspartato aminotransferase (AST) e alanina aminotransferase (ALT), sugerem envolvimento predominante das células do tecido hepático (hepatócitos). Elevações maiores da fosfatase alcalina indicam obstrução do fluxo biliar. Esta ocorre fora do fígado e é provocada por cálculos biliares ou tumores que bloqueiam os canais que conduzem a bile para o intestino ou na vesícula biliar. Nesses casos, costuma haver também um aumento grande das bilirrubinas.

Fosfatase alcalina em distúrbios ósseos

A fosfatase alcalina se eleva quando aumenta a formação de tecido ósseo novo, como a doença de Paget e alguns tipos de câncer ósseo. Aumentos pequenos ocorrem durante a cicatrização de fraturas.

Com frequência, são avaliadas outras enzimas encontradas no fígado, como alanina aminotransferase (ALT)aspartato aminotransferase (AST) e gama-glutamil transpeptidase (gama-GT). Também é habitual a dosagem de bilirrubinas, substâncias excretadas pelo fígado. O conjunto de exames usados para avaliar o fígado é chamado hepatograma.

A gravidez pode aumentar os níveis sanguíneos de fosfatase alcalina. Também ocorem elevações temporárias durante a cicatrização de fraturas ósseas.
Crianças e adolescentes em geral têm níveis de fosfatase alcalina mais altos que adultos, como reflexo do crescimento ósseo, especialmente durante as fases de crescimento rápido.

Alguns fatores de risco de doenças hepáticas:

  • Exposição a vírus de hepatites
  • Consumo excessivo de álcool
  • Uso de medicamentos ou substâncias tóxicas para o fígado
  • Alguns disturbios hereditários, como doença de Wilson e hemocromatose.

 

 

2x de R$ 6,60
R$ 13,20
Comprar Estoque: Disponível
Sobre a loja

Há 30 anos, o Cepac Medicina Laboratorial atua em parceria com a população, oferecendo exames ágeis, seguros e de qualidade.

Pague com
  • Mercado Pago
Selos
  • Site Seguro

Cepac Medicina Laboraotiral - CNPJ: 22.231.047/0001-07 © Todos os direitos reservados. 2020


Para continuar, informe seu e-mail